A DIFÍCIL ARTE DE CONVENCER



Todas as vezes que abordamos o tema ‘’Convencer Pessoas” logo vem à nossa mente a ideia que para se ter um resultado positivo nesse trabalho, é necessário uma pessoa Boa de Conversa, Boa de Lábia, cheio de palavras complicadas, que usa muitos gestos, que se utiliza de muitos exemplos, com base em muitas estatísticas, que fala alto etc, etc...

Pensando bem, o que ajuda mesmo na hora de convencer pessoas, é o quanto você mesmo esteja convencido do benefício daquilo que está sendo informando aos outros...

Que tal o exemplo do Paralítico de Cafarnaum, que se revoltou com a vida que vivia, com a condição de dependência dos outros, conseguiu convencer 04 Homens a subirem na casa de um rabino quebrar o telhado e lhe colocar na presença do Sr Jesus. Pois ele estava convencido que seria curado. ( Mc 2.21 )

Pelo zelo e tradição na lei judaica é proibido subir no telhado onde está sendo celebrado o culto, e muito menos permitido quebrar o telhado como foi feito.

Imaginemos que tipos de argumentos usou aquele paralítico, com quantas pessoas ele chegou a falar, quantas respostas negativas ele ouviu, porém ele alcançou o seu objetivo, pois estava convencido do que falava aos demais...

Os Nossos Grupos estão empenhados nesta reta final em “Convencer” o maior número de pessoas da importância e os benefícios do voto nos nossos candidatos, porém os que estão empenhados nesta tarefa, precisam estar bem convencidos das informações transmitidas aos seu ouvintes.

“A MAIOR ARMA CONTRA A TRISTEZA É O SORRISO, PORÉM SE A PESSOA FOR BANGUELA, MELHOR ELA CONTINUAR TRISTE...”
A DIFÍCIL ARTE DE CONVENCER Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Nenhum comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.