Saiba os segredos das lojas que te fazem gastar mais

Todos nós já passamos por isso: ir ao mercado apenas por uma caixa de leite, mas sair com uma sacola cheia de frutas, verduras e outros itens para a casa.


Ou então, ir a uma loja de roupa para comprar uma calça jeans, mas acabar levando outros itens, além do necessário. Há alguns dos truques que não percebemos, mas as lojas ou comércio no geral acabam aplicando no consumidor para incentivá-lo a gastar mais. Preparamos esta galeria com alguns desses truques, que vão desde o posicionamento de produtos a quantidade de luz no ambiente. Fique esperto...

Ouvindo música
Tocar música lenta faz com que os consumidores desacelerem o ritmo, ou seja, passem mais tempo olhando produtos e, em última instância, gastem mais. Lojas com música ambiente criam uma atmosfera aconchegante e convidativa. Já música em volume alto pode fazer com que um cliente saia da loja em questão de minutos.


PRODUTOS COLORIDOS
Isto vale para frutas e legumes, mas também flores. Produtos coloridos atraem nossa atenção. Uma vez que você está na loja com bom humor, é mais provável que você compre mais. Uma cena bonita, que rende algum clique para o Insta, ou que vá ficar gravada em sua memória, significa que você, provavelmente, voltará à loja.


PRODUTOS ESSENCIAIS NO FUNDO DO SUPERMERCADO
O pão e o leite encontram-se, geralmente, afastados da porta de entrada, no fundo do mercado. Como a maioria das pessoas vão ao supermercado em busca de itens básicos, você acaba caminhando por vários corredores como os de chocolate, lanches, refeições prontas ou alimentos enlatados até chegar ao setor que você realmente precisa.


CARRINHOS DE COMPRAS GRANDES
Os seres humanos gostam de preencher espaços vazios e carrinhos de compras não são exceção. Martin Lindstrom, um consultor de marketing, descobriu que as compras dos clientes aumentaram em 40% quando os carrinhos de compras foram dobrados de tamanho.


COMIDA GRÁTIS
Amostras gratuitas oferecidas aos clientes enquanto eles percorrem um supermercado induz o consumidor a comprar novos produtos. Isso funciona de duas maneiras. Em primeiro lugar, se dão comida gratuita (especialmente alimentos caros ou de luxo) fazem você se sentir importante e mais feliz, tornando-o mais propensos e disposto a gastar um pouco mais. Em segundo lugar, se alguém lhe dá algo de graça, você se sente compelido a fazer algo por eles - neste caso, pegar o produto, mesmo que desista de comprá-lo no meio do caminho.


PRODUTOS EXPOSTOS NOS CAIXAS
Muitas vezes, na hora de pagar pela compra semanal, você se depara com uma variedade de produtos como chocolates, revistas, doces, refrigerantes, entre outros, expostos nos caixas. Essa é outra estratégia para fisgar aqueles que estão na fila e, quem sabe, fazê-los incluir o produto no carrinho.


ALTERAÇÕES NO LAYOUT DA LOJA
Aparentemente, durante a noite, o queijo move-se do corredor 2 ao corredor 10. Já o milho enlatado agora fica no corredor 20. As lojas sabem que você entra no supermercado para comprar os alimentos que você mais gosta de comer e, de tanto ir à loja,  é possível saber onde estão esses produtos. Os donos dos estabelecimentos também estão de olho nisso e, movendo sua compra favorita, há possibilidade de você fazer compras extras ao caminhar mais pela loja.


ITENS MAIS VISÍVEIS SÃO PRODUTOS PREMIUM
Os produtos ao nível do olho tendem a ser as marcas mais caras, mesmo sendo alimentos simples, tais como o queijo, macarrão, molhos de tomate, etc. Alguns falam que  supermercados cobram dos fornecedores uma taxa para alugar prateleiras ao nível dos olhos para os seus produtos. Esta técnica não se aplica apenas aos alimentos e bebidas. Joias e outros produtos também são colocados em prateleiras consideradas especiais. Lembre-se de verificar as prateleiras superiores ou inferiores, pois são lá que estão os descontos.


CARTÕES DE FIDELIDADE
Cartões de fidelidade atraem os clientes pelos pontos oferecidos. O cartão de fidelidade também permite que lojas conheçam um pouco mais sobre o seus hábitos de compras e perfil, resultando em cupons ou dinheiro, te incentivando a voltar.


ACESSÓRIOS SÃO BEM SINALIZADOS
As capas protetoras são penduradas atrás da exposição de produtos caros nas lojas da Apple. Já os carregadores estão ao lado dos caixas. Tudo isso nada mais é do que mais uma das estratégias de marketing para incentivar o cliente a caminhar pela loja, visualizar os produtos de maior valor e, por último, o de baixo custo.


'VENDA' EM DESTAQUE
Pode parecer óbvio, mas o nome 'VENDA' em destaque e em vermelho pode atrair a visão de quem passa por ele. As pessoas são mais propensas a comprar algo quando percebem esta palavra.


OFERECENDO FRETE GRÁTIS
Há duas maneiras pelas quais a promessa de entrega pode ser usada para atrair compras. Na Amazon e em uma série de sites de roupas, a entrega gratuita só é oferecida após o cliente adicionar mercadorias totalizando uma certa quantia.  A promessa de nenhum custo extra chama a atenção do cliente e, uma vez que você não precisa sair de casa, poderá se dar o luxo de adicionar bens que você não sairia para comprar.


POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE ESCADAS ROLANTE
Muitas vezes, escadas rolantes podem estar em diferentes extremidades de um piso, encorajando-o a caminhar ao redor do shopping ou, muitas vezes, fazendo com que você regresse ao ponto de início de sua caminhada. Isto não é coincidência - a localização da escada rolante tem um papel fundamental em direcionar o tráfego de compras ao redor e através de diferentes zonas de produtos. Você não pode andar de maneira errada em uma escada rolante, o que te obriga a seguir o trajeto determinado pelo estabelecimento até chegar a escada que te levará para cima ou para baixo.  Desta forma, você vê mais produtos ao caminhar mais e está propenso a comprar algo além do previsto em sua viagem forçada ao redor da loja ou do shopping.


CADEIRAS
Lojas e supermercados muitas vezes têm assentos para os clientes descansarem, mas até isso é estrategicamente pensado, pois, enquanto você descansa, você também analisa outras lojas ao redor.


FINAL OU INÍCIO DE PRATELEIRAS
As extremidades de uma prateleira te deixam a ilusão de que aquele produto é bom e mais barato do que os outros que estão expostos nas prateleiras.


PRODUTOS FRESCOS VISÍVEIS
Além de manipular nossos olhos com produtos coloridos, as lojas costumam buscar nosso olfato, colocando flores frescas, uma padaria ou uma cafeteria logo na entrada da loja. Isso é para relaxá-lo, levá-lo a pensar sobre o quão bom é o aroma, e algumas pesquisas sugerem que isso faz com que o cliente ganhe a confiança da loja. Você sempre acaba provando algo, não é mesmo?


ITENS AGRUPADOS
Supermercados usam um sistema que consiste em agrupar produtos que combinam entre si. Por exemplo: um kit com macarrão, molho de tomate e um pote de azeitona. Isso faz com que você economize tempo buscando ítem por ítem, mas não necessáriamente significa que a compra será feita por um preço justo.


VOCÊ PODE TOCAR NOS PRODUTOS
Um estudo da Caltech descobriu que os compradores estão dispostos a pagar mais por um produto quando o tocam ou o utilizam. É por isso que todos os departamentos eletrônicos - da Apple Store à seção elétrica da Walmart - possuem linhas de dispositivos para testar.


VENDEDORES TE CONQUISTAM
Funcionários de loja são muitas vezes treinados para fazer com que seus clientes se sintam à vontade, conversando com eles como se fossem um amigo. Mas, na verdade, estão suavemente incentivando-os a fazer uma compra, dizendo-lhes quão fabulosos estão ao saírem do vestiário. Esse vínculo pode aumentar o seu ego ou apenas te deixa com uma certa pena do vendedor ou vergonha de sair da loja de mãos abanando.


PREMEDITANDO O TRÁFEGO DA LOJA
Algumas pesquisas sugeriram que 90% dos compradores na América do Norte iniciam suas compras pelo lado direito de um estabelecimento. Por sua vez, claro, as lojas sabem disso e costumam colocar produtos de maior valor no lado direito.


PREMEDITANDO O TRÁFEGO DA LOJA
Psicólogos consumistas perceberam uma ligação entre hábitos de gastar. O pesquisador norte-americano  Paul Harrison fez um teste e descobriu que os compradores que caminhavam no sentido anti-horário gastaram, em média, US$ 2 (R$ 6) a mais do que aqueles que percorreram no sentido horário.


AS 'OFERTAS'
Naturalmente, gravitamos em direção às compras que possuem sinais vermelhos à frente. Mas isso não significa poupar nada se o preço unitário do produto é exatamente o mesmo da oferta. É apenas um incentivo ao consumidor.


ILUMINAÇÃO INTELIGENTE
A iluminação certa pode fazer a diferença. Lojas têm o cuidado de não usar a iluminação para focar em legumes ou frutas (evitando a identificação de danos) e lojas de lingerie são muitas vezes mais escura do que outras, tornando a atmosfera mais sensual e íntima.


TERMINANDO OS PREÇOS COM 9
Preços que terminam em 9 é são usados por lojas devido ao "efeito do dígito esquerdo". Simplificando: a teoria dita que as mentes se concentram no primeiro dígito esquerdo - antes do ponto decimal - o que nos leva a arredondar o valor na cabeça. Ou seja, aparentemente, aquele produto é barato, mas o cálculo automático feito mentalmente sempre eleva o valor. Tem ainda aquele estabelecimentos que nunca dá o troco de um centavo. Quando dá, é com troco de balinha. Fiquem atentos.

Fonte: MSN








Saiba os segredos das lojas que te fazem gastar mais Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Nenhum comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.