Vereador Fernando Mendes participa de reunião da União para execução do BRT

Na tarde da última sexta-feira, 31 de março, o vereador Fernando Mendes esteve presente na reunião para a Autorização Para Início de Objeto (AIO) do BRT ( Bus Rapid Transit- Ônibus de Trânsito Rápido), de Campinas.

Foto: PMC
Estiveram presentes o prefeito Jonas Donizete, os ministros Bruno Araújo, das Cidades, e Antônio Imbassahy, da Secretaria de Governo da Presidência da República, o vice-governador Márcio França, representado o governador Geraldo Alckmin; dos deputados federais Carlos Sampaio e Luiz Lauro Filho; do vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira; do presidente da Câmara, Rafael Zimbaldi; do prefeito de Artur Nogueira, Ivan Vicensotti; da diretora executiva da Agemcamp, Ester Viana; de secretários municipais, vereadores, representantes da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil, de empresas vencedoras da licitação e da BYD, além da imprensa.


A AIO é o documento que permite a elaboração dos projetos executivos e construção das obras dos três corredores BRT no município: Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral.

O prefeito emitiu a ordem de serviço, com o valor de R$ 100 milhões, verba liberada pelo governo Federal.

O ministro das Cidades também liberou para o município recurso de R$ 1,2 milhão, oriundo do Orçamento Geral da União (OGU), que será utilizado para a elaboração de estudo de modais de transporte público que possibilitem a ligação do Centro ao Aeroporto Internacional de Viracopos. O estudo irá identificar a possibilidade da implantação de um transporte ferroviário, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou Monotrilho, na região.


Os futuros corredores irão atender cerca de 450 mil pessoas que residem nas duas regiões. O custo do empreendimento é de R$ 451,5 milhões e o tempo total estimado de obras é de 36 meses. A média de ganho de tempo de deslocamento com os corredores BRT será da ordem de 20%. Ou seja, uma viagem que hoje é feita em 60 minutos, futuramente levará 48 minutos.


Dados gerais


A elaboração dos projetos executivos e a realização das obras dos três corredores BRT foram divididas em quatro lotes. A execução dos projetos executivos deve determinar como será o início das obras.


A Emdec também prepara ações operacionais de trânsito e transporte, que serão realizadas no decorrer das obras, para minimizar os impactos viários. As ações serão devidamente informadas a toda população, antes do início das intervenções.


Confira os lotes

Lote 1: trecho 1 do Corredor Campo Grande, que compreende a ligação da região central até a Vila Aurocan, com extensão de 4,3 km. Mais o corredor perimetral, com 4,1 km. Responsável: Consórcio Corredor BRT Campinas (Arvek; D. P. Barros; Trail; Enpavi; Pentágono). Valor total do lote: R$ 88,9 milhões.

Lote 2: trechos 2, 3 e 4 do Corredor Campo Grande. Esses trechos contemplam a ligação da Vila Aurocan até o Terminal Itajaí, totalizando 13,6 km. O trecho 2 é da Vila Aurocan até a ponte sobre a Rodovia dos Bandeirantes, com 5 km. O trecho 3 compreende a ponte da Rodovia dos Bandeirantes até o Terminal Campo Grande, totalizando 6,4 km. E o trecho 4, do Terminal Campo Grande até o Terminal Itajaí, totalizando 2,2 km. Responsável: Empresa Construcap – CCPS Engenharia e Comércio. Valor total do lote: R$ 191,1 milhões.

Fonte: PMC
Vereador Fernando Mendes participa de reunião da União para execução do BRT Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Nenhum comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.