Dia Nacional da Saúde


Através da lei nº 5.352 de 8 de novembro de 1967,fica instituído o “Dia Nacional da Saúde”, a ser comemorado, anualmente, em 5 de agosto com a finalidade de promover a educação sanitária e despertar, no povo, a consciência do valor da saúde.

A decisão, embora simples, também traz consigo uma homenagem importante. Afinal, em 5 de agosto de 1872, nascia um nome importante no combate às epidemias brasileiras: Oswaldo Cruz

Oswaldo da Cruz teve posição central no enfrentamento das epidemias do século XX, tudo através da implementação de medidas sanitárias. No combate à febre amarela, por exemplo, provocou uma verdadeira revolução ao percorrer milhares de casas junto de cerca de 80 homens, lacrando caixas-d’água e conferindo se havia alguém doente na residência.

Na época, seu desejo de eliminar o foco dos mosquitos se materializou no decreto da vacinação obrigatória por parte do governo federal, o que gerou controvérsias e protestos conhecidos como a Revolta da Vacina. Isso porque muitos cariocas consideraram a atitude uma invasão de suas propriedades, visto que algumas pessoas foram vacinadas contra suas vontades.

Medidas preventivas também foram realizadas por ele em relação a surtos como a peste bubônica e a varíola — ambos grandes problemas nacionais no último século. Sobre a primeira, o profissional não só percebeu que poderia ser controlada com o emprego de um tipo de soro, como propôs a instalação de institutos que fabricam o líquido junto do governo.

Para se ter uma ideia da amplitude de suas ações, em 1907, o cientista foi reconhecido ao anunciar a erradicação da febre amarela e ganhar a medalha de ouro no 14º Congresso Internacional de Higiene e Demografia de Berlim.

E foi assim que, entre pesquisas e projetos públicos, Oswaldo se consolidou internacionalmente. Hoje, sua vida e obra são relembradas com inúmeros títulos, todos relacionados ao pioneirismo com o qual lidou com a medicina experimental e infecções no Brasil. 


FERNANDO MENDES EM PROL DA SAÚDE 


O vereador Fernando Mendes (Republicanos), têm desenvolvido projetos voltados para a área da saúde na cidade de Campinas. 

A exemplo, foi a Lei nº 15.528/2017, que criou o “Outubro Brilhante”. 

A Campanha teve duas edições, em 2017 e 2019, onde foram realizados mais de dois mil exames de vista gratuito com a população carente. O trabalho foi realizado em parceria com o Conselho Regional de Ótica e Optometria do Estado de São Paulo- CROO-SP. 

Já a Lei complementar nº 219/2019, possibilita a concessão de alvará de uso à gabinetes optométricos, seguindo as exigências da vigilância sanitária. 

Também de autoria do vereador Fernando Mendes, o projeto de lei nº 387/2017, cria o programa de prevenção ao câncer de pele “Sol Amigo de Todos”. A proposta é desenvolver atividades extracurriculares obrigatórias na educação infantil e no ensino médio da rede pública municipal, com o objetivo de detecção e prevenção do câncer de pele. 
Dia Nacional da Saúde Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Nenhum comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.