Imposto de Renda 2021: falta menos de uma semana para o fim do prazo de entrega da declaração


O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2021 (IR) termina, às 23h59 do dia 31 de maio. Quem enviar o documento após o prazo terá que pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

A multa pelo atraso é calculada sobre o imposto devido, que é diferente do imposto a pagar. Mesmo que você tenha direito à restituição, a multa segue esse cálculo.

Quem tem que declarar imposto de renda?

Quem recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano passado, como salários, aposentadoria ou aluguéis, por exemplo), precisa fazer a declaração do IR 2021. Se você ganhou mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, como indenização trabalhista, saque do FGTS ou rendimento de poupança, também está obrigado a declarar.

A novidade deste ano é o auxílio emergencial. Quem recebeu a ajuda do governo para enfrentar a pandemia, junto com outros rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76, terá que fazer a declaração do IR 2021 e também terá que devolver o auxílio.

Se você fez declaração no ano passado, provavelmente deve ter uma cópia do arquivo salva no computador ou uma versão impressa. Esse arquivo vai agilizar o preenchimento de diversos campos da declaração do IR 2021, especialmente a relação de bens. Se você não se lembra onde salvou o arquivo ou perdeu a declaração.

Se você não possui certificado digital, também é possível obter uma segunda via da declaração pela internet. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Receita Federal decidiu facilitar a recuperação da cópia da declaração. Basta que você tenha código de acesso e senha ao sistema e-CAC. Também é possível pedir a segunda via da declaração em uma agência de atendimento da Receita na sua cidade. É necessário agendar o atendimento antes, por meio do telefone 146.

Assistente virtual

Com a proximidade do fim do prazo para entregar a declaração, a Receita criou um assistente virtual para tirar dúvidas e orientar o preenchimento e envio do IR.

O Assistente Virtual da Receita Federal está disponível nas versões do aplicativo ‘Meu Imposto de Renda’ para celulares e tablets. Se já tiver o aplicativo instalado, basta atualizá-lo nas lojas virtuais Google Play ou Apple Store. Depois da atualização, basta clicar no ícone e digitar sua dúvida.

O assistente virtual, que também é conhecido como ChatBot, usa uma inteligência artificial que vai tentar responder diretamente a sua pergunta, ou então vai direcionar você para o menu de assuntos sobre o tema.

Dessa forma, mesmo que ainda não tenha as respostas, ela vai orientar o caminho certo. Assim você não fica perdido no mundo de informações disponíveis.

O ChatBot da Receita Federal foi criado para responder perguntas sobre preenchimento e entrega da declaração, incluindo as diferenças do imposto de renda 2021 com o imposto de renda do ano passado.

Como toda ferramenta de inteligência artificial, o assistente virtual precisa de um tempo para aprender as informações e isso vai acontecer no dia a dia. Algumas questões podem ficar sem uma resposta no início, e quanto mais usuários, mais exatas serão as informações com o tempo.

Se você tem alguma dúvida sobre o preenchimento de sua declaração, a nossa dica é buscar primeiro a resposta no nosso novo assistente virtual. Ele pode ajudar de forma rápida e imediata.

A restituição já começou

A Receita Federal liberou na segunda-feira (24), a partir das 10h, as consultas ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021, relativo ao ano-base 2020.

A consulta à restituição pode ser feita AQUI.

Como em anos anteriores, o primeiro lote do IR contemplará contribuintes com prioridade legal:

– idosos acima de 80 anos (196.686);

– contribuintes entre 60 e 79 anos (1.966.234);

– contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (127.783)

– contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (891.421)

Além deles, segundo a Receita, foram contemplados mais de 260 mil contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até o dia 28 de fevereiro.

Veja o calendário de pagamento das restituições do IR 2021

– 1º lote: 31 de maio

– 2º lote: 30 de junho

– 3º lote: 30 de julho

– 4º lote: 31 de agosto

– 5º lote: 30 de setembro

Por Agência Republicana de Comunicação -ARCO, com informações da Receita Federal
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Imposto de Renda 2021: falta menos de uma semana para o fim do prazo de entrega da declaração Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Nenhum comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.