Programa Recomeça vai beneficiar micro e pequenas empresas e MEIs


[full_width]


 Como parte da programação de comemorações do aniversário da cidade, o prefeito Dário Saadi detalhou, nesta quarta-feira, 14 de julho, o Recomeça, primeira ação prevista dentro do Paes (Programa de Ativação Econômica e Social).


O Recomeça que vai beneficiar micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEIs) de Campinas. Com o programa, o empresário poderá obter empréstimos de R$ 5 mil a R$ 80 mil, com juros mais baixos (0,6% a 0,98% ao ano, considerando a Selic atual).


A expectativa é que com o Recomeça sejam disponibilizados até R$ 130 milhões em recursos para os pequenos empreendedores retomarem seus negócios.


Outra vantagem é que os empréstimos poderão ser pagos em até 36 meses e os beneficiados terão carência de até 6 meses para começar a pagar a dívida. 


“Os pequenos empresários, no nosso ponto de vista, foram os que mais sofreram com a pandemia. Os R$ 10 milhões que vamos aportar no Fundo vão gerar R$ 130 milhões em recursos para empréstimos a juros baixos”, explicou o prefeito Dário Saadi durante transmissão ao vivo. 


Esses R$ 10 milhões citados pelo prefeito farão parte do Fundo de Apoio à Atividade Econômica de Campinas e servirão como fonte de aval para os empréstimos. 


“Nos meus 40 anos de vida profissional no setor público eu tenho certeza que este é o projeto mais inovador e desafiante que uma gestão pública municipal do estado de São Paulo está propondo”, disse o secretário de Finanças, Aurílio Caiado. 


A secretária de Desenvolvimento Econômico e Social, Adriana Flosi, associou o programa à vocação que Campinas tem de ser uma cidade inovadora. “Hoje também estamos lançando uma inovação no modelo que foi construído o programa Recomeça. Esse recurso que será aportado é como um presente para a cidade e vai ajudar muito a retomada da atividade econômica da cidade e na geração de empregos”. 


Durante o evento, o prefeito assinou e entregou para o presidente da Câmara, Zé Carlos, os dois projetos de lei do Recomeça: o que cria o Fundo de Apoio à Atividade Econômica e o que autoriza o aporte de R$ 10 milhões e estabelece as regras do programa. 


“A Câmara fará todos os esforços para dar celeridade a estes dois projetos. Assumo aqui o compromisso de iniciarmos a análise dos textos imediatamente. Tenho certeza que este é o primeiro projeto neste modelo que está sendo implantado no estado de São Paulo”, disse Zé Carlos.


A partir da aprovação dos dois projetos, haverá o processo de seleção das entidades financeiras, que estarão aptas a oferecer empréstimos a este público.

Programa Recomeça vai beneficiar micro e pequenas empresas e MEIs Reviewed by Fernando Mendes on Rating: 5

Um comentário:

2021 © Fernando Mendes - Todos os Direitos Reservados.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.